Plataformas

Outras Mídias

The Classics Games. Criado por Maxwel Gamer.. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

19 de jan de 2013
       (Greatest Hits of The King of Fighters)


Gráficos: Os gráficos do jogo estão no mesmos padrões de KOF '97, com sprites bem detalhados e coloridos. Os personagens estão muito bem feitos, estando bem maiores na tela, detalhados e com cores vibrantes, mas, como a SNK teve menos de 1 ano para desenvolver esse jogo, a maioria dos personagens que participaram do KOF '97 tiveram seus sprites reaproveitados, mas isso não chega a ser um incômodo. Os cenários evoluíram bastante se comparado aos do KOF anterior, com mais animações e detalhes, e com alguns efeitos de profundidade impressionantes, e como não poderia faltar, os destaques são Korea Stage, China Stage, Japan Street Stage, U.S.A Basketball Court Stage e Japan Temple Stage.


(U.S.A Basketball Court Stage, muito bem animado e com uma excelente paleta de cores)

Som: O som do jogo melhorou muito em relação ao KOF '97, pois agora as músicas voltaram a ser tocadas dependendo do seu(s) oponente(s) e não do cenário. As vozes do jogo estão muito mais nítidas se comparado ao KOF anterior, mesmo que a voz da narradora (que faz a voz da King e da Blue Mary) chegue a irritar em alguns momentos, além de não anunciar o nome dos lutadores. As músicas estão fabulosas, sendo na minha opinião a obra-prima da SNK (só sendo superada no remake de KOF '98 para PS2), contando com remixes das músicas mais memoráveis dos KOF anteriores, como o tema do New Faces Team, Korea Team, American Sports, Yamazaki, Ikari Warriors, Orochi Yashiro, Orochi Yashiro, Billy Kane, Orochi Shermie, Female Team, Hero Team, Kyo vs. Iori (Esaka Forever), Blue Mary (Blues) e Fatal Fury Team.  Os efeitos sonoros estão muito bem feitos e no nível SNK de qualidade.


                  (Que sortudo...)

Jogabilidade: A jogabilidade do jogo é uma versão aprimorada do KOF '97, como se fosse o "Turbo" do Super Street Fighter II. O jogo está muito mais equilibrado do que o KOF '97, sendo considerado por muitos como o mais equilibrado da série e o melhor para jogar "uns contra". O jogo conta com mesmo esquema de KOF '97, aonde você pode escolher entre a barra "Advanced" ou "Extra". A Advanced cresce conforme você bate ou apanha, e quando se enche, você ganha um especial ou uma barra MAX (que serve para aumentar o seu ataque por um tempo, além de desbloquear os supers especiais); enquanto o Extra é aquela barra dos KOF's '94/'95/'96 que se enche apertando o A B e C. Como o jogo não tem história, muitos personagens dados como mortos (ou que não apareceram no KOF '97) retornaram como Vice, Mature, o American Sports Team (Heavy D!, Lucky Glauber, Brian Battler), o Masters Team (Saisyu Kusanagi, Heidern, Takuma Sakazaki), e Rugal. Mesmo que muitos tenham voltado, eu achei que os personagens que eu mais gostava ficaram de fora como Eiji Kisaragi, Kasumi Todoh e os Boss Team do KOF '96.




Nome do jogo: The King of Fighters '98: The Slugfest
Plataforma: Arcade, Neo Geo/CD, PS1, Dreamcast PS2, PSN, Xbox Live Arcade, Virtual Console
Gênero: Luta
Desenvolvedora: SNK
Distribuidora: SNK
Ano do Lançamento: 1998

Notas:

Gráficos: 10
Sons: 10
Jogabilidade: 10
Diversão: 10
NOTA FINAL: 10

Conclusão: A obra-prima da SNK no mundo dos Fighting Games, que mesmo com alguns personagens faltando, consegue ser muito mais completo do que suas sequências (mesmo eu gostando de KOF '99 tenho que concordar que tem algumas coisas incompletas no game).

Prós
TUDO

Contra
A falta de alguns personagens

Se você quiser de qualquer forma contribuir com o blog, ser um colaborador ou qualquer outra coisa sempre deixe um comentário. Comente sobre a análise e alguma história com a série/jogo (e dê muitos puxões de orelha se eu falei alguma besteira).

2 comentários:

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

Que Sortudo, com se o Chris curtisse a fruta...

TURBO GAME disse...

pra mim jogo de luta é mortal kombat e fim de papo, mas o kof 95 do ps2 conseguiu me divertir por uma noite. E esse 98 tambem è mais ou menos

Parceiros