Plataformas

Outras Mídias

The Classics Games. Criado por Maxwel Gamer.. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

25 de nov de 2012
Entre erros e acertos
Fala galera, pronto para mais um post sobre The Walking Dead ???? Então, vamos logo que esse post tá grande.

Update de última hora: Pessoal, segundo uma notícia que acabei de ler, Tyreese será apresentado no 8º episódio da 3ª Temporada (É TETRA !!!!!!!!!, É TETRA !!!!!!). Para quem nunca leu as HQs, Tyreese é um dos personagens mais queridos de The Walking Dead, sen o braço direito de Rick durante a moradia do pessoal na prisão. Para mais detalhes leiam a notícia.


[Nem preciso avisar que esses posts serão uma metralhadora de spoilers, tanto dos episódios passados, quanto do episódio título, (e quem sabe) dos futuros episódios, e até da HQ, então siga por conta e risco]

Para quem quiser acompanhar The Walking Dead, a FOX lança o episódio nacionalmente ás Terças-Feiras (22:15), e as reprises do episódio da semana passam ás Segundas-Feiras (1:30), Quartas-Feiras (13:20 e 1:40) e aos Sabados (23:59).



Links
The Walking Dead (Online)

The Walking Dead HQ (PT-BR)
Websérie #01: Torn Apart (Legendado)
Websérie #02: Cold Storage (Legendado)



Legendas: trechos em laranja = spoilers da HQ


Aprovado




Michonne vs. Merle

O episódio já começa eletrizante, com Merle (Michael Rooker) e sua trupe caçando Michonne (Danai Gurira) pela floresta. Eles vêem uma mensagem escrita com pedaços de zumbis (eu acho que eram de zumbis), e todo ficam meio apreensivos, até Michonne cortar a cabeça de Crowley (Arthur Bridgers), enfiar a espada no torso de Tim (Lawrence Kao), fazendo ele de escudo humano contra os tiros de Merle. Aí, Merle vai atras de Michonne, os dois trocam uns golpes até que um mini-grupo de walkers chegam ao local. Belo início para um episódio.



Morram personagens inúteis, MORRAM...
Talvez o que mais me deixou contente nesse episódio foram a morte de personagens terríveis e que não acrescentaram nada nos episódios em que apareceram, como Tim e Crowley, que estavam lá só para serem capachos do Governador (David Morrisey) e do Merle. Espero que o próximo a morrer seja o Milton (Dallas Roberts).



Os mortos falantes

Nas Minhas Impressões sobre Say the Word eu comentei sobre Lori (Sarah Wayne Callies) e a linha telefônica do além, mas, eu não suspeitava que além de Lori, Rick (Andrew Lincoln) iria falar também com alguns mortos da 1ª Temporada. Os mortos eram: Amy (Emma Bell), a irmãzinha de Andrea (Laurie Holden); Jim (Andrew Rothenberg); e Jacqui (Jeryl Prescott). A adição desses 3 personagens foi muito boa, talvez um dos poucos momentos que a Série de TV melhorou o que na HQ foi bom.



Merle finalmente encontra alguém do grupo
Nossa, finalmente esse momento chegou. Se eu tivesse que resumir os ápices do episódio, eu responderia Michonne e Merle. Eles simplesmente roubaram toda a atenção do episódio, fazendo eu ser mais fã ainda dos dois. Merle acha Glenn (Steven Yeun) e Maggie (Lauren Cohan) durante a busca dos dois por suprimentos (leite em pó para o neném, baterias, munição...), fazendo a garota de refém enquanto Michonne está escondida observando tudo. Estou com pena do que o Tio Phil vai fazer com ela (espancamento, estrupo, cof cof).



Andrea & Governador = Amassos
Eles dando uns amassos deve ter sido o ápice dos masturbadores de plantão. Mas, como eu não sou de prestar atenção em nudez vou só analisar o que pode trazer de bom para a série o relacionamento dos dois. O 1º de tudo deve ser como Andrea vai se posicionar quando ver Glenn e Maggie como prisioneiros. O 2º é de qual lado Andrea vai ficar quando a merda bater no ventilador. E o 3º é se ela terá coragem de matar seus (ex) colegas de sobrevivência (se escolher o lado dark da força).



Michonne encontrou os Survivals
O gancho que já estava óbvio desde o começo do episódio era que Michonne iria encontrar a prisão (e que alguém do grupo encararia Merle). Michonne provavelmente ouviu Glenn e Maggie citarem a prisão (antes de Merle chegar), e como viu que eles pareciam gente confiável, foi logo procurar esse lar. Provavelmente ela, Merle, Glenn e Maggie serão os "causadores" da guerra civil que está por vir.

Reprovado



Pareceu apenas um episódio de apoio
Mesmo com tantas qualidades, Hounded pareceu aqueles episódios que servem somente para apresentar fatos que serão importantes no futuro da série parecendo arrastado e cansativo, como se fosse um episódio feito ás pressas para ter 16 episódios certinhos durante a temporada (8 episódios em 2012; depois um pit stop; 8 episódios em 2013), me parecendo muito com o desenrolar dos episódios da 2ª Temporada (que como todos os espectadores sabem, foi mais arrastada do que aquele cofre do Velozes e Furiosos 5). Espero que melhorem isso nos episódios que virão.



Rick virou coadjuvante
Tirando a parte do telefone, Rick virou um mero coadjuvante, tendo pouquíssimos tempo em frente as câmeras. Parece que a loucura de Rick ficou em 2º plano para alguns personagens terem seus momentos de brilho (Michonne e Merle), e outros terem seus momentos de menos brilho (Daryl e Andrea). Espero que os próximos episódios não deixem Rick em 2º plano de novo.



"Os Mortos-Vivos" continuam óbvios demais
Um dos principais problemas das duas temporadas passadas eram as obviedades dos personagens que iriam morrer, parecia um código: se um personagem de importância level 3 (quase insignificante) para a história tiver muito destaque, ele vai morrer. Aconteceu com Jim e Jacqui na 1º Temporada, aconteceu com Sophia (Madison Lintz) e Dale (Jeffrey DeMunn) na 2º Temporada, e aconteceu com (Ho)T-Dog (IronE Singleton), "Neil" Gargulio (Dave Randolph-Mayhem Davis), Tim e Crowley. Parece que obviedade mata mesmo...



FOX, sua FDP
Isso aqui não se refere ao episódio em sim, mas na filha da putagem que a FOX está fazendo. Durante os comerciais da sua programação, a FOX está dando sempre uma prévia do episódio que está por vir, jogando spoilers de acontecimentos importantes do episódio (em Hounded ela amostrou a surra que o grupo do Merle levou de Michonne), obrigando você a mudar de canal para não ouvir spoilers. Bola fora da FOX...


Diretor(es): Daniel Attias
Roteirista(s): Scott M. Gimple

Nota: 8


Conclusão: Foi um episódio muito bom, com cenas de cair o queixo, mas, que no conjunto da obra, o roteiro não convence muito, parecendo um amontoado de coisas sem sentido (mas ainda assim de cair o queixo). Espero que os próximos episódios consertem esses erros.


Bom, essas foram as minhas impressões sobre Hounded (talvez tenham alguns updates no post, quem sabe). Se você acompanha a série ou a HQ, deixa aí suas impressões sobre o episódio ou a temporada, deixe sugestões, críticas, e comente se gostou (ou não) dessa nova coluna. Abraços.

1 comentários:

Natalia Nee-Sama disse...

Sobre o Rick. Isso acontece na maioria das series. Alias, acontece em qualquer historia.

Sempre tem aquele momento/episodio que se chama "spot in the lime-light", que faz os protagonistas ficarem em segundo plano e os coadjuvantes tomarem as rédeas.

Isso acontece em qualquer mídia: Anime, Videogames, filmes e series de tv.

Não vejo isso como algo ruim, desde que não tomem o lugar do Rick como protagonista ou como foco da historia. Quando isso ocorre, temos um perfeito exemplo de "jogo do Shadow The Hedgehog" XD.

Se eles querem mostrar mais os coadjuvantes, façam isso de maneira a não tirar a importância do Rick como protagonista.


Enfim, para mim um outro Pro seria ver Rick FINALMENTE pegando a filha dele no colo. Foi uma otima cena.

Parceiros