Plataformas

Outras Mídias

The Classics Games. Criado por Maxwel Gamer.. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

4 de jul de 2012
Você acha Ristar um jogo obscuro/desconhecido/pouco popular ???
Sim
Não


 
  (Um clássico obscuro do console -ou não-)

Ps: Eu estou procurando autores de análises que querem participar do blog, os interessado entrem em contato comigo.

(Cores vivas e cenários criativos fazem parte de Ristar)

História: Um terrível alienígena de nome Greedy corrompeu os líderes dos planetas de uma distante galáxia, escravizando e população e até mesmo capturando o Herói Lendário (Legendary Hero no game). Alguns habitantes que ainda não haviam sido capturados fazem uma desesperada prece que foi respondida pelo filho do Herói. Agora Ristar deve libertar os habitantes dos planetas assim como seus líderes e resgatar seu pai das garras do terrível Greedy.


(Momento Icecap, só que aqui você não tem controle)

Gráficos: Os gráficos do jogo são sensacionais, e não seria exagero dizer que são um dos gráficos (senão o mais) mais bonitos do saudoso Mega Drive. O jogo conta com uma quantidade gigantesca de inimigos, cada um contando vários sprites diferenciado. Os cenários são soberbos, contando com ambientações diferenciadas, várias cores e detalhes, sendo um dos poucos jogos dos 16 bits que trabalham com efeitos de luz. Os backgrouds dos cenários são sensacionais, com bastantes detalhes e animações. A fase onde você controla Ristar embaixo d'água é fantástica, com bastantes detalhes e efeitos de parallax. Os sprites do próprio Ristar são bastante bem feitos, com bastantes quantidades de animações e cores.

(Passando por refinarias á calotas polares, Ristar tem uma aventura bastante diferenciada)

Som: O som do jogo é fantástico, com músicas criativas, inspiradoras e efeitos sonoros de alta qualidade. As músicas são uma mescla dos estilos de músicas da série Sonic (tanto que os 3 compositores do jogo já fizeram músicas da série Sonic), com umas batidas dos jogos da Disney, como World of Illusion. A OST do jogo é fantástica, contando com uma boa quantidade de músicas e com composições marcantes, que combinam com muitos estilos de jogos. Os efeitos sonoros do jogo são bastante bem feitos, contando com muitos efeitos sonoros durante as fases.

(Bosses criativos e com uma boa pitada de desafio)

Jogabilidade: A jogabilidade de Ristar é fantástica, sendo um jogo de plataforma que exige uma certa habilidade do jogador. Ao invés de você pular nos inimigos para matar, você usa as mãos de Ristar para puxa-lo e dá uma cabeçada (finalmente as mãos de algum personagem de jogos de plataforma). As mãos de Ristar também serve para pegar itens e grudar em algumas partes do cenário. Algumas fases você tem que usar botões que você não usa durante o jogo, o que dá mais gás para o jogo, fazendo você re-aprender a jogar o jogo. A jogabilidade debaixo d'água é sensacional, com uma movimentação e controles livres, sendo a melhor jogabilidade de um jogo de plataforma debaixo d'água, estando anos-luz da frente da série Sonic e série Super Mario (as fases aquáticas de SM64 pegou emprestado alguns elementos de Ristar), sendo melhor até do que a jogabilidade de Ecco the Dolphin, que só se passa na água.



Nome do jogo: Ristar
Plataforma: Mega Drive
Gênero: Plataforma
Desenvolvedora: Sonic Team
Distribuidora: SEGA
Ano do Lançamento: 1995

Notas:

Gráficos: 10
Sons: 10
Jogabilidade: 10
Diversão: 10
NOTA FINAL: 10

Conclusão: Assim como World of Illusion, Ristar é um clássico do Mega Drive, mas que infelizmente foi lançado na época errada. Ristar é esquecido por muitos fãs do console, sendo um dos melhores jogos obscuros dos 16 bits e que é altamente recomendado para todos.

Prós
Gráficos sensacionais
Personagem cativante
Boa quantidade de inimigos
Fases criativas
Level design sensacional
Efeitos de profundidade bem colocados
Som fantástico
OST sensacional
Jogabilidade fantástica
Jogabilidade debaixo d'água é de deixar Ecco the Dolphin no chinelo

Contra
...

Se você quiser de qualquer forma contribuir com o blog, ser um colaborador ou qualquer outra coisa sempre deixe um comentário. Comente sobre a análise e alguma história com a série/jogo (e dê muitos puxões de orelha se eu falei alguma besteira).

4 comentários:

Leandro" Leon Belmont" Alves the devil summoner disse...

pelos gráficos me lembrou de Daze Before Christmas. um jogo divertido para o SNES e excelente para jogar no natal. esse Ristar já ouvi falar, mas eu nunca me interessei em joga-lo. acho que vou dar uma conferida.

Gamer Caduco disse...

Não considero Ristar um jogo perfeito assim, mas sem dúvidas é um dos jogos mais bacanas do Mega.
E eu vou na contra-mão da galera que votou, não considero um jogo obscuro. Tanto é que o jogo já saiu em coletâneas pra outros consoles. Pode ser que ele não tenha feito tanto sucesso aqui no Brasil, não me lembro disso agora... hehe!
Bom post! :)

Anônimo disse...

Ja joguei esse jogo e concordo totalmente com você.De 1 a 10 ele merece 11.O único problema é que acho ele meio acriancado.Ja zerei ele umas 7 vezes.

Anônimo disse...

Sem sombra de dúvidas está entre os 10 melhores jogos da geração 16 bits

Parceiros