Plataformas

Outras Mídias

The Classics Games. Criado por Maxwel Gamer.. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

12 de dez de 2011
                  (Não vai me dizer que você nunca confundiu esse indivíduo verde com o Blanka ?)


 Continuando com as análises.


Introdução: O ano era 1992, um ano de glória para os jogos, clássicos foram lançados pela SEGA como Sonic 2, Streets of Rage 2 e Ayrton Senna's Super Monaco GP  para serem o carro chefe do Mega Drive, enquanto outros jogos revolucionários chegavam nos PCs e Consoles (respectivamente), Alone in the Dark, o pai dos Survival Horror e Mortal Kombat (código para liberar sangue no Mega é A,B,A,C,A,B,B), o jogo culpado pela criação da ESRB e outros orgãos de classificação etária chegaram para abalar o mundo dos games, mas um jogo modesto chegou para mostrar que um clássico não é só feito de revolução.


História: A história é ambientada em 2513, depois de uma catástrofe ambiental que provocou um colapso na civilização no século XX e o ressurgimento dos dinossauros. O usuário pode escolher quatro personagens no jogo, percorrer Nova Iorque parcialmente submersa e se aventurar em selvas tropicais, desertos e vilarejos perdidos para enfrentar vilões, dinossauros e seres mutantes (meio-homens, meio-dinossauros) para enfrentar o dr. Fessenden. 


                        (Viu o altíssimo nível de detalhes no cenário e as belas animações do fogo ?)


Gráficos: Os gráficos são bem parecidos com Street Fighter 2, pois usa a mesma placa de arcade (a CPS1), porém estão mais vivos e coloridos, detalhes como água, fogo (principalmente) e os próprios inimigos tem um nível de detalhe altíssimo, junto com as armas que essas, além de variadas, são muito diferentes umas das outras (Ex: Um tiro de Bazooka pode explodir um inimigo com pouco life, pórem a Uzi tem mais munições e alcance) e com um clima bem caricato.


        (O ministério da saúde adverte: Bazookas podem explodir até um Boss)


Som: Excelente se comparado a outros Beat em Up da época, sendo uma ótima pedida para toque de celular, pois mistura Rock com batidas sintéticas que combina perfeitamente com o clima do jogo. Os efeitos sonoros tambem estão muito bons, aproveitando todo o poder sonoro da CPS1.


                                (Já dá até para perceber que a Bazooka facilita muito o jogo)

Jogabilidade: Uma das melhores quando o assunto é Beat em up, muito fluída, rápida e precisa, pegando tudo que outros jogos criaram (correr, rolar) e melhorou (e muito) o que outros jogos do gênero (Final Fight, Double Dragon, Streets of Rage ...). A jogabilidade com armas de fogo é muito rápida e boa de se jogar, deixando você querer jogar mais com elas do que com os próprios punhos e armas brancas.


Nome do jogo: Cadillacs And Dinossaurs
Plataforma: Arcade
Gênero: Beat em Up
Desenvolvedora: Capcom
Distribuidora: Capcom
Ano do Lançamento: 1992


Notas:

Gráficos: 10
Sons: 10
Jogabilidade: 10
Diversão: 10
NOTA FINAL: 10










Conclusão: Não um dos melhores Beat Em Up já feitos (senão o melhor -chupa Streets of Rage 2-), mas tambem um dos melhores jogos já feitos para arcade, cenários muito criativos, armas legais, personagens carismáticos, efeitos do cenário (água, fogo e sangue) muito legais e outras qualidades que se for para ficar citando, ficarei até amanhã escrevendo.


Pós


Criatividade 
Jogabilidade boa
Som excelente
Personagens carismáticos
Armas legais
Controles precisos
Muito sangue
Muito divertido
Gráficos bem detalhados
Animações de água e fogo muito legais


Contra (o que eu vou citar não é bem um contra, mas é bem chato)
O jogo nunca teve uma conversão para consoles, remake, ou nada parecido


Extra: 
Pouca gente sabe, mas Cadillacs and Dinossaurs é baseado nos quadrinhos Xenozoic Tales
Lançou um jogo chamado Cadillacs and Dinossaurs para SEGA-CD, mas não é uma conversão do arcade (nem um Beat Em Up era)
Vídeo recomendado: 

0 comentários:

Parceiros